#ConteudoEinformacao

Durante a audiência de custódia do empresário Lucas Porto, assassino confesso de sua cunhada Mariana Costa, a juíza da Central de Inquéritos Andrea Maia determinou que ele seja submetido a um novo exame de corpo de delito.

Na decisão, Maia atendeu a um requerimento do Ministério Público, representado na audiência por Norimar Gomes Campos, que alegou ter ouvido Porto relatar episódios de agressão na Central de Triagem.