#ConteudoEinformacao

Imagens de câmeras de segurança instaladas no condomínio residencial no bairro Turu, em São Luís, onde morava Mariana Costa, de 33 anos, sobrinha-neta do ex-presidente José Sarney, encontrada morta na tarde deste domingo (13), com sinais de estrangulamento, apontam o cunhado dela, Lucas Leite Porto (marido da irmã) como principal suspeito do crime. Ele está preso mas ainda não teria confessado a autoria do assassinato.

Mariana era casada com o empresário Marcos Renato, filho do fazendeiro José Renato, dono de propriedades de criação de gado e do laticínio São José. Ela foi encontrada morta pelas filhas pequenas, na cama do quarto dela, com marcas de estrangulamento no pescoço.

A motivação ainda não foi esclarecida. Ainda na manhã desta segunda-feira (14) a Polícia Civil, através da Delegacia de Homicídios deve se manifestar sobre o caso.

Mariana Costa está sendo velada na igreja onde se congregava a IBOA, no bairro Olho D’Água. O sepultamento será as 16h no Parque da Saudade no Vinhais.