#ConteudoEinformacao

Neste exato momento, mais de 500 funcionários das empresas de transporte coletivo Gemalog e Menino Jesus de Praga protestam em frente ao Tribunal de Justiça do Maranhão, devido ao encerramento de seus contratos trabalhistas. 

O motivo da demissão em massa, ocorreu pelo fato de os dois consórcios perderem a licitação pelo não cumprimento de regras do edital. Eles pedem a suspensão da licitação e que seja feita uma nova para que ambas empresas voltem ao consorcio.

Segundo os rodoviários, o prefeito Edivaldo Holanda havia dito que eles não ficariam de fora do consorcio, sendo assim, manteriam seus empregos.