#ConteudoEinformacao

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) registrou até o momento 309 ocorrências e 88 prisões durante o período de votação neste domingo (30). Na maioria dos casos, a Justiça Eleitoral flagrou cabos eleitorais fazendo propaganda para candidatos, a tradicional “boca de urna”. De acordo com os dados, nenhum candidato foi preso.

Em todo o país, foram registradas 224 ocorrências pelo crime de boca de urna. Somente no Rio de Janeiro foram registradas 24 prisões. Em seguida, aparecem os estados do Rio Grande do Sul (17) e Espírito Santo (10). No Ceará, houve 143 casos de propaganda irregular, mas as ocorrências não terminaram em prisão dos acusados e 15 registros por tentativa de compra de votos.

O segundo turno das eleições municipais ocorre neste domingo em municípios de 20 estados do país. Mais de 32 milhões de eleitores voltam às urnas para a escolha de prefeitos e vice-prefeitos. A votação terminou às 17h maioria das cidades. Por causa do horário de verão, nos municípios de Roraima, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rondônia o pleito termina às 19h, pelo horário de Brasília.

O balanço final de ocorrências será divulgado por volta das 20h30, após a conclusão da votação em todos os Estados.