#ConteudoEpolitica

Após a constatação de diversas irregularidades, a prefeita de Guimarães, Nilce de Jesus Farias Ribeiro, foi presa. Além dela, também foram detidos a secretária de Finanças da cidade e filha da gestora, Carlane de Jesus Farias Ribeiro; o pregoeiro do município e genro de Nilce, Railson de Assis Pereira Sodré; o empresário Douglas Pereira Ribeiro; o ex-presidente da Comissão de Licitação de Guimarães, Francivaldo Martins Piedade, o Buiú.

As prisões se deram em cumprimento de mandado de prisão temporária expedido pelo desembargador da 2ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça, José Bernardo Rodrigues.

Agentes da Seccor cumpriram, ainda, mandados de busca e apreensão na Prefeitura de Guimarães, na lotérica do município, que é de propriedade da gestora municipal e nas residências dos envolvidos.

Todos responderão pelos crimes de fraudes em licitação; superfaturamento de contrato de locação e manutenção de veículos, fornecimento de combustíveis, e serviço de limpeza pública; peculato – apropriação do dinheiro público-, e lavagem de dinheiro.

Os cinco alvos da operação da Polícia Civil foram apresentados na manhã desta quinta-feira (20), na sede da Secretaria de Segurança Pública, em São Luís e depois seguiram para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas.