#Conteudoeinformacao

As operações deflagradas pela polícia da região metropolitana de São Luís culminaram na apresentação de 115 pessoas suspeitas de envolvimento nos ataques na Grande Ilha.
Nos últimos dias, mais duas pessoas foram detidas por envolvimento direto nos crimes. Em operação idealizada pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) e a Polícia Militar do Maranhão (PMMA), foram localizados e presos em flagrante delito Elielson de Oliveira Silva Júnior, de 24 anos, mais conhecido como “Bogos”, e Lucas Azevedo Silva, de 22 anos, o “Lukinha”, supostos líderes de uma facção criminosa, de onde partiram diversas ordens para ataques a coletivos e escolas da capital.
Ataques em Paço do Lumiar
Elielson de Oliveira foi preso no bairro do Maiobão, de posse de meio quilo de crack. Depois de investigações, foi constatado que ele foi o mentor dos ataques ocorridos no município de Paço do Lumiar.
Prisão de suspeito no São Bernardo
Com Lukinha foi encontrado uma pistola de marca Magnum, calibre 357, com oito munições intactas de numeração BOO 3526, de uso restrito, um galão de combustível, mais três cordões, uma pulseira, um aparelho celular e a quantia de R$ 82. Prisão esta efetuada pelo 6° BPM no bairro do São Bernardo.
Vale ressaltar que ambos os presos possuem antecedentes criminais por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e formação de quadrilha. Com estes somam-se c115 pessoas apresentadas na Seic desde o começo dos ataques em São Luís.