#ConteudoEinformacao

O mês de setembro é um mês especial para a comunidade surda, visto que comemoramos o Dia do Surdo. Com o tema “inclusão se faz com gestos” a Faculdade Maurício de Nassau, São Luís, em parceria com o Centro de Ensino de Apoio a Pessoa com Surdez (CAPS), comemora nesta segunda-feira (26), a partir das 9h, o Dia Nacional dos Surdos com atividades lúdicas.

A programação será realizada no próprio CAPS, e segue com apresentações teatrais, danças, e palestra sobre a importância da pessoa com surdez. Para a diretora da Nassau, Luzia Aquime, o momento será marcado com atividades que valorizem os surdos e os profissionais que se dedicam com a causa. “A nossa ação pede um momento de reflexão sobre o posicionamento da pessoa surda na sociedade. É uma oportunidade também de valorizar quem tanto se dedica na construção do espaço dessas pessoas”, explica.

O evento contará também com a participação dos estudantes de diversos cursos da Nassau, que irão apresentar uma série de atividades educativas no centro, tais como, danças, músicas e representações teatrais envolvendo temas relacionados ao cotidiano dos surdos.  A estudante do 4 período de Engenharia Civil, Karinne Pinto, está entusiasmada com a ideia de protagonizar uma personagem na apresentação teatral. “Eu sou apaixonada pela arte de representar, e será uma honra atuar como uma personagem do universo da pessoa com surdez”, disse.

O CAPS, intuição da Secretaria de Estado da Educação (SEDUC), atua há 3 anos e defende a inclusão plena da pessoa surda maranhense. De acordo com a gestora da instituição, Irene Cabral, a comemoração é um apoio primordial para a comunidade surda. “É importante que todos os órgãos públicos e a sociedade brasileira reflitam sobre os surdos, sobre a comemoração no Dia Nacional do Surdo, compreendendo os Surdos como cidadãos iguais aos outros”, declarou.