#ConteudoEinformacao

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais do Maranhão divulgou novo relatório que aponta, 19 pontos onde o banho é recomendado. Os dados são baseados em laudos emitidos pelo Laboratório de Análises Ambientais (LAA) da Sema.

O resultado considera o material colhido pelo Laboratório de Análises Ambientais da secretaria entre os dias 20 e 28 de agosto de 2016.  Os trechos são das praias da Ponta d’Areia, de São Marcos, do Calhau, Olho-d’Água, do Meio e Araçagi.

Os pontos próprios para banho, segundo a Sema, são:

– Ao lado do Forte Santo Antônio (Ponta d’Areia);

– Atrás do Hotel Praia Mar (Ponta d’Areia);

– Atrás do Bar do Dodô (Ponta d’Areia);

– Em frente à Praça de Apoio ao Banhista (Ponta d’Areia);

– Em frente ao Hotel Brisa Mar (Ponta d’Areia);

– Em frente aos Bares Do Chef e Marlene’s (São Marcos);

– Em frente à Barraca da Marcela (São Marcos);

– Em frente ao Agrupamento Batalhão do Mar (São Marcos);

– Em frente ao Ipem e ao Bar Kalamazoo (São Marcos);

– Foz do Rio Calhau (São Marcos);

– À direita da elevatória II da Caema (Calhau);

– Em frente à Pousada Tambaú (Calhau);

– Em frente ao Bar Malibu (Calhau);

– À direita da Elevatória Iemanjá II (Olho-d’Água);

– Em frente ao Bar do Capiau (Meio);

– Em frente ao Bar da Praia (Meio);

– Em frente ao Fatima’s Bar (Araçagi);

– Em frente ao Bar Novo Point (Araçagi);

– Em frente ao Bar do Isaac (Araçagi)

Só são consideradas próprias para banho quando em 80% ou mais de um conjunto de amostras, obtidas em cada uma das cinco semanas anteriores, e colhidas no mesmo local, houver no máximo 100 Enterococos/100 mL – Enterococos são micro-organismos de origem fecal, eles indicam pontos de lançamento de esgoto na orla.

Caso o valor da amostragem for superior 400 Enterococos/100 mL as águas das praias são consideradas impróprias para banho.

Segundo a  Companhia de Saneamento Ambiental, o resultado com maior pontos propícios para banho é devido às ações do programa Mais Saneamento, que tem o objetivo de ampliar o índice de tratamento de esgotos em São Luís até 2018.