#ConteudoEinformacao

Usuários do serviço de ferry-boat agora contam com uma nova opção de transporte coletivo ao desembarcar na Ilha. Desde o início de agosto, uma nova linha do Expresso Metropolitano passou a operar na Região Metropolitana, interligando a Ponta da Espera ao Terminal Rodoviário de São Luís. Até o momento, mais de 12 mil passageiros já utilizaram a linha expressa, que beneficia, ainda, a área Itaqui-Bacanga, uma das mais populosas da capital.

Uma das beneficiárias da nova linha é a universitária Lívia Maria Lima, 18 anos. Ela nasceu em Pinheiro, que fica a 333 km da capital, e viaja pelo menos uma vez por mês ao município para visitar a família. Para Lívia, a alternativa tornou-se muito mais cômoda, barata e confortável.

“Gostei muito, facilitou demais a minha locomoção, pois saio de casa e já venho direto para cá”, disse Lívia. Antes, a estudante, que mora perto da rodoviária, precisava ir ao Anel Viário e pegar uma van que a deixava em Pinheiro, via ferry-boat. No total, o transporte custava R$ 45. Com a nova linha expressa, a jovem gasta quase a metade do valor, somando os R$ 3,10 da passagem de ônibus, mais o transporte do ferry e da van que precisa em direção a sua cidade natal, no Terminal do Cujupe.

Conforto, rapidez e segurança

Para o encanador industrial Marinaldo Costa, 41 anos, a nova linha expressa trouxe mais conforto, segurança e rapidez ao trajeto até a Ponta da Espera, onde embarca com destino à cidade de Alcântara, regularmente. Assim como Lívia, Marinaldo faz a mesma viagem, todo o mês, para visitar familiares.

“É uma iniciativa muito boa, já devia existir a mais tempo. Agora, a pessoa não fica mais esperando: pega o ônibus, vem para cá e já sai na primeira viagem”, falou o passageiro. Isto porque os horários da linha expressa Ponta da Espera/Terminal Rodoviário foram estabelecidos para atender aos embarques e desembarques do ferry-boat.

“O preço é mais barato e a viagem é bem mais tranquila do que nas vans, onde vem todo mundo imprensado. Aqui a gente vai sentadinho, e a linha vai até a rodoviária, atendendo a quem mora naquela área da cidade”, concluiu Marinaldo, que destacou, ainda, a alternativa de transporte que a nova linha representa para várias pessoas que precisam se deslocar diariamente à área Itaqui-Bacanga.

Itinerário

A nova linha expressa parte da Ponta da Espera e segue pela Avenida dos Portugueses, Avenida Senador Vitorino Freire e Avenida dos Franceses, até chegar ao Terminal Rodoviário. Na volta, o ônibus parte da rodoviária e atravessa a Avenida dos Franceses, Avenida dos Africanos, Senador Vitorino Freire – com paradas no Anel Viário e no Terminal da Praia Grande –, Avenida dos Portugueses e, por fim, desembarca na Ponta da Espera.

A linha expressa Ponta da Espera/Terminal Rodoviário foi criada pelo Governo do Maranhão, através da Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana (MOB), para integrar os sistemas de transporte aquaviário e rodoviário de São Luís, facilitando o deslocamento intermunicipal de milhares de passageiros.

Expresso Metropolitano

As linhas expressas metropolitanas atendem, na Grande Ilha, aos municípios de São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa. Na Região Tocantina, existem linhas para atender as cidades de Imperatriz, João Lisboa e Senador La Rocque. Na Região Metropolitana, cerca de 40 viagens são realizadas diariamente, transportando quatro mil pessoas em cada linha e favorecendo 12 mil passageiros por dia.

Ao todo, o serviço de transporte público dispõe de uma frota de, aproximadamente, 50 ônibus a serviço da população em todo o estado. Desde abril, mês de lançamento do serviço, até julho, foram mais de 1,2 milhões de passageiros beneficiados com as linhas do Expresso Metropolitano.