​#ConteudoEpolitica O presidente em exercício Michel Temer já havia adiantado, ainda como interino, que, caso fosse efetivado no cargo, convocaria sua mulher, Marcela, para assumir alguma função na área social. Primeira-dama a partir dessa quarta-feira (31), quando Temer foi empossado, Marcela atuará no “Criança Feliz”, nome provisório do programa coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social.

De acordo com o jornal O Globo, o foco do programa, que será lançado na terceira semana de setembro, em um grande evento no Palácio do Planalto, será o atendimento às 4 milhões de crianças de zero a quatro anos do Bolsa Família. “Ela virá para a área social. Vai trabalhar intensamente” declarou Temer.

O ministro Osmar Terra, idealizador do programa, conta que as crianças de até mil dias (pouco menos de três anos) serão atendidas em casa, semanalmente, para avaliação médica, pedagógica e psicológica.

“Como foi dito há alguns meses pelo presidente, Marcela assumirá seu primeiro desafio no governo atuando neste programa social. É mãe e tem todos os predicados para ajudar nesta área”, disse um auxiliar presidencial.