#ConteudoEinformacao

Na tarde desta terça-feira (30), durante caminhada que fez parte da programação do pedetista Edivaldo Jr no bairro do Coroadinho, os partidários do prefeito foram surpreendidos com tiros disparados para o alto, possivelmente por traficante que buscavam manter o barulho da propaganda eleitoral bem longe do morro.

Após apuração da procedência dos áudio que circularam nas redes sociais, o blog constatou que diferente da alegação dos aliados do prefeito, não foi apenas uma discussão de moradores que provocou o corre-corre, mas disparos ouvidos do alto.

Assim que chegou no local da concentração da caminhada, no Alto do São Sebastião, Edivaldo foi recebido pela já conhecidas “formiguinhas” – pessoas que recebem em média R$ 50,00 para levantar bandeira de partidos em atos políticos – e em seguida, prosseguiu pelas ruas do Polo Coroadinho.

Nesse momento ouvi-se os tiros. Em três dos áudios que o blog teve acesso, é possível ouvir perfeitamente os relatos dos moradores: “Traficante acaba largar bala no prefeito aqui, aqui no Coroadinho, na Vila Conceição“, diz um popular.

Outra moradora conta com mais detalhes como tudo aconteceu: “Galera de Edivaldo vieram pedir voto aqui em Coroadinho, foram pro morro, maluco caiu foi de bala em uns e outros, tá babado aqui, Coroadinho tá pânico, não vou nem sair fora. Barros nem nem sai de casa, já tá sabendo, tudo interditado ai”, afirma.

No terceiro áudio, percebe-se a voz do locutor da campanha do prefeito tentando acalmar os participantes da caminhada. Uma mulher apavorada diz: “Gente tiroteio aqui na caminhada do Coroadinho, foi um inferno loucura, loucura, loucura”, alega a testemunha.

Blog Domingos Costa