​#ConteudoEinformacao

A Itália decretou estado de emergência nas áreas atingidas pelo terremoto da última quarta-feira (24). O primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi aprovou a destinação de 50 milhões de euros para enfrentar a situação.

Os investimentos estarão voltados às cidades de Amatrice e Accumoli, no Lazio, e Arquata del Tronto – principalmente o distrito de Pescara del Tronto -, em Marcas.

Foi anunciado, ainda, um bloqueio dos impostos aos cidadãos das áreas afetadas pelos abalos.