#ConteudoEinformacao

Detento simulou passar mal após audiência e pediu para ir ao banheiro. Agente desconfiou e encontrou o chinelo com fundo falso dentro da lixeira.

Um par de chinelos contendo dois celulares foi apreendido com um detento na tarde desta quinta-feira (18) no Fórum de Juizado Especial de Montes Claros (MG).

Segundo informações da Polícia Militar, o detento do presídio regional da cidade foi ao juizado para uma audiência, e em seguida simulou passar mal e pediu para ir ao banheiro. Ainda segundo a PM, o agente desconfiou e entrou no banheiro, e lá encontrou, dentro de uma lixeira, um par de chinelos com fundo falso e contendo os dois celulares.

O caso foi encaminhado ao juiz. Os celulares e o chinelo foram entregues na delegacia. A Secretaria de Estado de Defesa Social (SEDS) confirmou que o detento cumpre pena desde o dia 24 de julho de 2015, quando foi preso na operação Novo Cangaço, que desarticulou um grupo criminoso que roubava bancos.

Porém, segundo a polícia, a audiência era realizada porque o detento foi flagrado dirigindo sem habilitação, e colocou a vida de algumas pessoas em risco.

Do chegandonahora.com.br