#ConteudoEinformacao

O coração do ex-atleta e técnico da equipe de canoagem da Alemanha, Stefan Henze, foi doado para uma mulher que aguardava há um ano na fila de transplantes no Rio de Janeiro.

De acordo com o jornal Extra, a cirurgia durou quase cinco horas e foi realizada no Instituto Nacional de Cardiologia (INC), na Zona Sul do Rio, terminou na madrugada desta terça-feira (16).

O diretor do INC, Andrey Monteiro, informou que a paciente passa bem. No entanto, é fundamental o acompanhamento da evolução nas próximas 72 horas do pós-operatório.

A publicação recorda que Stefan Henze sofreu um acidente de carro no último dia 12, na Barra da Tijuca. Ele estava acompanhado de outro integrante da delegação alemã de canoagem, Christian Käding, quando pegou um táxi para retornar à Vila Olímpica. O veículo chocou contra um poste na Avenida das Américas. Chistian se feriu levemente. Henze teve traumatismo craniano e morreu, nesta segunda (15), no Hospital Municipal Miguel Couto, no Leblon