​#ConteudoEinformacao

Criminosos explodiram pelo menos um caixa eletrônico da agência do Banco do Brasil de Barreirinhas (MA), na madrugada desta segunda-feira (15). Segundo testemunhas, além da ação que teve como alvo o equipamento, os bandidos atacaram um posto policial e fizeram reféns.

A ação teve início por volta de 0h30. Eram dois caixas eletrônicos na agência; um com o sistema de destruição de notas e outro – escolhido pelos criminosos – já com pouco dinheiro disponível. De acordo com as testemunhas, a quadrilha, com cerca de 10 ladrões, só possuía explosivo para destruir um equipamento.
Para evitar uma ofensiva policial, o bando atirou contra a fachada o quartel da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA) na cidade, onde haviam quatro policiais militares, e atingiram ainda uma viatura.
Após o arrombamento, eles fizeram dois reféns – liberados pouco depois – e incendiaram o veículo usado na fuga, uma caminhonete modelo Hilux, próximo ao Morro Alto.
De acordo com o Sindicato dos Bancários do Maranhão (Seeb-MA), com a ação desta segunda-feira, chega a 46 o número de ocorrências contra agências bancárias no Maranhão em 2016. Do total, 38 casos são de arrombamento e explosões e outros oito de assalto. No período, 26 agências do Bradesco foram alvos de arrombamento ou assalto; outras 20 do Banco do Brasil.
Violência no interior

Na madrugada de sábado (13), uma agência do Banco do Brasil de Coelho Neto, a 363 km de São Luís, também foi atacada por criminosos. Uma viatura também foi alvejada pelos criminosos. As investigações estão sendo conduzidas pela Superintendência Estadual de Investigação Criminal (Seic).
Na sexta-feira (12), quatro pessoas foram presas na cidade de Poção de Pedras, a 350 km de São Luís, suspeitas de integrarem uma quadrilha interestadual especializada em explosão de caixas eletrônicos e cofres de instituições financeiras.