#ConteudoEinformacao

Pais e professores dos alunos da escola UEB João Lima Sobrinho, Anexo COEDUC, no Parque Timbira, denunciaram que os estudantes tiveram as aulas interditadas devido uma dívida de R$ 200 mil da Prefeitura de São Luís com o dono do prédio onde funcionava a escola.

“Nós todos ficamos sabendo que foi por falta do pagamento do aluguel do prédio, que a Prefeitura não está passando o repasse para o dono do prédio e está esse caos aí” disse Márcio Fernandes Marinho, pai de aluna.

Os alunos ficaram sem aula durante, praticamente, todo o mês de maio e quando retornaram em 15 de junho foram colocados em duas casas chamadas de ‘Instituto Associação’. Passando as férias do mês de julho, a Prefeitura quis novamente colocar os alunos para estudar nas casas de associação do Parque Timbira, porém sem espaço, banheiros sujos e sem condições adequadas, os professores não aceitaram dar as aulas.

“Não é que os professores não querem trabalhar. É porque nós não temos o mínimo de condições de trabalhar naquelas duas casas. Você não pode colocar 17 salas, com quase 400 alunos em duas casas” disse uma professora que não quis ser identificada.

Por meio de nota, a Secretaria Municipal de Educação informou que em junho deste ano foi renovado o contrato de aluguel do prédio e desde então o pagamento está regular. A SEMED informou, ainda, que está apurando eventuais pendências anteriores a este período.

Informações da TV guará.