#ConteudoEinformacao

Um curitibano desempregado há três meses aproveitou a febre do jogo Pokémon Go, recém lançado no Brasil, para conseguir uma nova fonte de renda. Rogério Oliveira se propõe a levar grupos de até cinco crianças para caçar os pokemons em parques. “Eu os levo com segurança. Busco e levo na porta da sua casa!”, diz o anúncio.


O designer oferece três tours diários, às 9h, 13h e 16 horas. O passeio custa R$ 50 por pessoa e tem duração de duas horas e 30 minutos.  Caso consiga preencher a agenda do dia, Oliveira consegue ganhar até R$ 750.

“Hoje o telefone não parou de tocar e já tem bastante criança agendada para passeios”, afirmou em entrevista ao Paraná Portal. “Eu vi a febre do jogo chegando e percebi que um monte de pais ou não tem paciência ou não tem tempo de sair com as crianças. Vi uma oportunidade já que estou desempregado”, disse.

A equipe do Paraná Portal percorreu a Curitiba e percebeu que o jogo já se tornou febre na cidade. Em shoppings, parques e bares da cidade era possível ver pessoas caçando bichinhos com seus celulares. Até mesmo na Arena da Baixada, onde o Atlético enfrenta o Corinthians pelo Campeonato Brasileiro, havia torcedores jogando.

Pegadinhas

Desde o lançamento do jogo no Brasil, diversos sites divulgaram notícias falsas sobre acidentes envolvendo jogadores do Pokémon Go. Sites com o mesmo nome de veículos de notícias postaram sobre um jovem que teria sido atropelado por um ônibus biarticulado, próximo ao Shopping Estação. Outras notícias falavam de pessoas que tinham caído em rios de parques da cidade enquanto caçavam os personagens.

“Não tem nenhum acidente relacionado ao jogo. Tem até um site que divulgou nosso nome [bombeiros] dizendo que confirmamos as ocorrências. É mentira. Já pedimos para que tirassem, mas ainda não tiraram”, disse por telefone o soldado Lacerda, responsável pelo atendimento à imprensa no Corpo de Bombeiros, em Curitiba.

O Paraná Portal entrou em contato com a Polícia Civil que informou que até o momento não tem registros de roubos de celulares na cidade relacionados ao jogo. A Polícia Militar afirmou que as denúncias via 190 não citam o aplicativo.

Lançamento

O lançamento coloca ponto final à espera de quase um mês pelo lançamento do título. O jogo já está disponível para ser baixado na Play Store, dos dispositivos Android, e na iTunes Store, dos aparelhos da Apple.

Em comunicado oficial publicado na página de “Pokémon Go” no Facebook, a Niantic anuciou a chegada do game ao mercado latino-americano (que inclui o Brasil): “Pegue os tênis e Pokébolas, e prepare-se para explorar o mundo ao seu redor. Estamos empolgados em colocar Pokémon Go oficialmente nas mãos dos nossos fãs latino-americanos, visitantes e atletas Olímpicos no Rio!”.