#ConteudoEinformacao

O Mídia já tinha noticiado aqui em primeira mão, a volta de Flávio Araújo no comando do Sampaio.
O anúncio foi feito por meio das redes sociais, a contratação de um velho conhecido para comandar a equipe no restante da temporada. Depois de uma negociação intensa, que se estendeu até a madrugada desta quarta-feira (03), a diretoria da Bolívia Querida confirmou o retorno de Flávio Araújo, o “Rei do Acesso”, que irá para a sua terceira passagem pelo clube maranhense e será o quarto treinador tricolor no ano. Flávio, que não treina uma equipe desde julho, quando se demitiu do Cuiabá, será apresentado oficialmente na tarde desta quinta-feira (04), no CT José Carlos Macieira.

Acostumado a brigar por acessos e títulos no Sampaio Corrêa, Flávio Araújo encontrará uma situação inédita nesta terceira passagem pelo Tricolor. Depois de perder o título estadual para o rival Moto Club e ser eliminado precocemente da Copa do Brasil e da Copa do Nordeste, o Sampaio amarga a última posição do Campeonato Brasileiro Série B, com apenas 12 pontos em 18 jogos. A diferença para o Bragantino, equipe de pior campanha entre as que estão fora da zona do rebaixamento da Segundona, é de oito pontos.

Assim como o Sampaio Corrêa, Flávio Araújo também busca uma recuperação nesta temporada. No início deste ano, Flávio foi contratado pelo Fortaleza, depois de levar o River (PI) à decisão do Campeonato Brasileiro Série D em 2015, mas foi alvo de críticas por parte da torcida do Tricolor do Pici e deixou o comando da equipe em março, mesmo com um aproveitamento de 69%. Depois do Fortaleza, Flávio Araújo não conseguiu evitar o rebaixamento do Mogi Mirim no Campeonato Paulista e teve um desempenho irregular no comando do Cuiabá, que disputa a Série C.