​#ConteúdoEinformação

Na tarde desta quinta-feira (21), um assaltante, identificado como Cleiton Roberto Santos Serra, 22 anos, foi morto a tiros durante uma tentativa de assalto a uma fábrica de vassouras na rua 1 do Residencial Clarisse, em São José de Ribamar, próximo ao cemitério Jardim da Paz.

Segundo o delegado Ricardo Aragão da Delegacia de Homicídios, o jovem estava na companhia de comparsas tentando assaltar o estabelecimento comercial, quando foi baleado por uma pessoa desconhecida.

Segundo informações seis elementos estavam adentrando a um comércio de vassouras, um deles estava armado com uma pistola 6.35 e outro com um simulacro, quando foram surpreendidos por um popular que alvejou um dos elementos com três disparos de arma de fogo (dois tiros nas costas e um na altura do abdômen.

Não se tem informações do autor dos disparos, que pode ter sido um funcionário da fábrica ou alguém que passava no local na hora do assalto. Os outros cincos assaltantes fugiram a pé.

O assaltante já era conhecido da polícia por praticar assaltos e traficar drogas, tinha duas passagens por roubo, em 2011 e 2012. Recentemente, no dia 11 de julho, ele foi autuado em flagrante por tráfico de entorpecentes e foi liberado, não sabemos por qual motivo.

A fábrica onde o assaltante foi morto pertence a um policial militar, que segundo o delegado Ricardo Aragão, não estava no local na hora do crime. O PM estava de serviço e foi informado por um funcionário do local, sobre o ocorrido.

À Polícia Civil, o PM informou que os criminosos foram à fábrica para roubar uma quantia de R$ 15 mil que eles achavam que estava dentro do estabelecimento comercial. No entanto, os criminosos não acharam o dinheiro.