Facebook terá acesso ao número de telefone dos usuários do WhatsApp

​#ConteudoEinformacao

O WhatsApp irá compartilhar o número de telefone de seus usuários com o Facebook, bem como informações sobre a frequência que estes usam o serviço de mensagens instantâneas, entre eles, o último horário de conexão. O aplicativo, que foi comprado pelo Facebook em 2014 por cerca de 22 bilhões de dólares (70 bilhões de reais no câmbio atual), anunciou nesta quinta-feira uma mudança em seus termos de uso e política de privacidade que contempla essa troca de informações entre o WhatsApp e a rede social. É a primeira mudança na política de privacidade desde que empresa foi comprada por Mark Zuckerberg, fundador do Facebook.
“Como subsidiária do Facebook, nos próximos meses começaremos a compartilhar informações que nos permitam uma melhor coordenação e, assim, aperfeiçoar a experiência entre os serviços. Esta é uma prática comum entre as empresas que são adquiridas por outras”, explicou o WhatsApp em um comunicado.

Segundo a companhia, essa manobra tem diferentes objetivos: melhorar a eficácia da publicidade para veicular anúncios que são mais relevantes para os usuários do Facebook e sugestões para conexão com conhecidos, além de combater abusos e mensagens indesejadas no WhatsApp.

Também o Instagram
O serviço reconhece que outras empresas do Facebook, como o Instagram, também poderão utilizar as informações do WhatsApp para “diversas atividades”, como sugerir o seguimento de certas contas. Os usuários do serviço de mensagens instantâneas poderão recusar que seus dados sejam utilizados para “melhorar experiências em anúncios e produtos”, mas não terão como evitar que o Facebook saiba seus números de telefone e padrões de atividade no WhatsApp.

“Por enquanto, não temos planos de compartilhar com o Facebook outra informação opcional que seja fornecida, como o status, nome ou foto do perfil. Tampouco guardamos suas mensagens depois que foram enviadas”, destaca a empresa, insistindo que, apesar das mudanças, continuará operando “como um serviço independente”.

Além disso, destaca que as mensagens criptografadas continuarão sendo privadas — também para o próprio WhatsApp — e que não venderá, compartilhará ou fornecerá o número de telefone dos usuários aos anunciantes.

A partir de hoje

Os clientes do WhatsApp receberão, a partir desta quinta-feira, uma notificação com os novos termos de privacidade; a partir de então, têm 30 dias para aceitá-los se quiserem continuar usando o aplicativo.

Esta é a primeira mudança na política de privacidade do serviço em quatro anos. De acordo com o WhatsApp, essas mudanças respondem aos seus “planos de testar alternativas de comunicação entre usuários e empresas nos próximos meses”, bem como para refletir que o serviço é uma empresa de propriedade do Facebook.

A comunicação com empresas incluirá opções como, por exemplo, a informação de uma companhia área, via WhatsApp, sobre o cancelamento de um voo ou de um banco sobre uma transação fraudulenta. Ainda assim, a empresa deixou claro que o WhatsApp continuará sem anúncios e prometeu que a experiência de comunicação com empresas não incluirá mensagens indesejadas.

Depois do anúncio do WhatsApp, a Agência Espanhola de Proteção de Dados (AEPD) confirmou que está analisando as mudanças na política de privacidade do serviço.

Mulher é flagrada agredindo filho bebê, na Índia

​#ConteudoEinformacao

Uma mulher foi denunciada para as autoridades após ser flagrada pelo marido agredindo o filho do casal, na residência da família, na cidade de Bareli, na Índia. Desconfiado de que a companheira estivesse maltrantando a criança, o homem instalou uma câmera de segurança e comprovou que os ataques aconteciam.

Um vídeo que mostra a mãe agredindo o menino foi divulgado pelo site “Asian News Internacional”. Na sequência, a mulher aparece acompanhada do pequeno sobre uma cama. Ela dá vários tapas no menino, que também é sacudido com força e chega a ser esganado.

“Eu suspeitei que minha mulher batia em nosso filho e, por isso, instalei as câmeras”, explicou o pai do menino. O homem garantiu que acionou as autoridades locais para que a companheira fosse punida. O nome dos envolvidos não foram divulgadas. A criança passa bem.

“DEU TRETA” Senador Roberto Rocha manda subprefeito de São Luís “plantar batatas”

​O senador Roberto Rocha (PSB) “bateu boca” em rede social com o subprefeito do Centro de São Luís, Fábio Henrique Carvalho. O parlamentar chegou a sugerir que o turismólogo fosse “plantar batatas”.

Carvalho, então, rebateu a publicação, dizendo que Rocha só conseguiu o cargo de senador por causa do apoio dos governos municipal e estadual e pediu que ele fosse mais humilde. Rocha, então, respondeu dizendo que o subprefeito estava apenas defendendo o seu salário e, por causa disso, foi chamado de “mesquinho”, desonesto e aproveitador e desqualificado.

Foi quando o senador mandou que Fábio Henrique, que também é gastrônomo, fosse “plantar batatas”. “Quer saber, vá plantar batatas rapaz, já que seu forte é na cozinha”, publicou Rocha. O subprefeito, então, disse que “esperava bem mais” e que a convivência com Wellington fez mal ao senador. Depois disso, o parlamentar não respondeu mais ao subprefeito.

Itália decreta estado de emergência em áreas afetadas por terremoto, 247 mortos

​#ConteudoEinformacao

A Itália decretou estado de emergência nas áreas atingidas pelo terremoto da última quarta-feira (24). O primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi aprovou a destinação de 50 milhões de euros para enfrentar a situação.

Os investimentos estarão voltados às cidades de Amatrice e Accumoli, no Lazio, e Arquata del Tronto – principalmente o distrito de Pescara del Tronto -, em Marcas.

Foi anunciado, ainda, um bloqueio dos impostos aos cidadãos das áreas afetadas pelos abalos.

Propaganda eleitoral no rádio e na TV começa hoje

#ConteudoEinformacao

A propaganda eleitoral no rádio e na televisão começa hoje (25) em todos os estados, exceto no Distrito Federal, onde não há eleições para prefeito e vereador. Nas eleições deste ano, o período de propaganda foi reduzido de 45 para 35 dias, com as mudanças provocadas pela minirreforma eleitoral (Lei 13.165/2015). O primeiro turno do pleito será realizado no dia 2 de outubro.

A propaganda para os candidatos a prefeito será das 7h às 7h10 e das 12h às 12h10 no rádio. Na televisão, os programas serão das 13h às 13h10 e das 20h30 às 20h40, de segunda a sábado. A nova norma acabou com a propaganda em bloco para o cargo de vereador. As inserções de candidatos a prefeito e a vereador serão veiculadas de segunda a domingo, ao longo das programações, das 5h à 0h.

13º Parada do Orgulho LGBT de São Luís será domingo

#ConteudoEinformacao

Está marcada para domingo (28) a 13º edição da Parada do Orgulho LGBT de São Luís. O está marcado para às 14h, os participantes se concentrarão na Praia do Calhau. O evento é organizado pelo Grupo Gaivota.

Neste ano a parada terá o tema ‘Identidade de Gênero Lei João Nery’, a lei é de autoria do Deputado Federal Jean Willys (PSOL/RJ).

Na edição anterior o evento mais de 100 mil pessoas estavam presente. A  13º edição da Parada do Orgulho LGBT irá marcar o encerramento da Semana da Diversidade LGBT 2016.

Ministro da Saúde libera mais R$ 7 milhões para Hospital Universitário de São Luís

​#ConteudoEinformacao

O Ministério da Saúde liberou nesta quarta-feira R$ 75 milhões para os atendimentos realizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em 40 hospitais universitários federais de 22 estados brasileiros. Os recursos já estão disponíveis e podem ser utilizados para qualificação da assistência e aumento do acesso da população aos serviços oferecidos. O hospital universitário de São Luís receberá 7.084.536,59 deste montante.

O recurso federal foi liberado por meio do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (REHUF). Desenvolvido desde 2010 em parceria com o Ministério da Educação e com a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), o REHUF já possibilitou investimento de aproximadamente R$ 3,5 bilhões nos hospitais universitários, somente por parte do Ministério da Saúde. Com isso, as universidades mantenedoras desses estabelecimentos ganham maior capacidade orçamentária para estimular a oferta de ensino, pesquisa e atendimento de qualidade. Neste ano, incluindo os recursos liberados nesta quarta-feira, já foram repassados R$ 305 milhões de REHUF aos hospitais universitários federais.

Aprovados em lei orçamentária, os valores são pagos pelo Ministério da Saúde, em parcela única, para as instituições universitárias que comprovaram o cumprimento das metas de qualidade relacionadas a porte e perfil de atendimento, capacidade de gestão, desenvolvimento de pesquisa e ensino e integração à rede do SUS. O crédito para as universidades foi garantido pela portaria 1.506/16, que consta no Diário Oficial da União. Os pagamentos são efetuados pelo Fundo Nacional de Saúde conforme a comprovação dos gastos.

De acordo com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, o montante vai permitir à população maior acesso aos serviços oferecidos pelas unidades, além da estruturação das atividades. “Hospitais universitários são locais de ensino e também realizam procedimentos hospitalares e ambulatoriais, ou seja, os recursos beneficiarão estudantes de saúde e fortalecerão o atendimento das populações locais”, destacou.

Em 2015, foram realizados mais de 23 milhões de atendimentos ambulatoriais e internações pelos hospitais universitários do país, resultando em um investimento de R$ 828,3 milhões do Ministério da Saúde para o custeio desses serviços.

REHUF – De 2010 a 2015, o Ministério da Saúde repassou mais de R$ 2,6 bilhões aos 51 hospitais universitários de todo o país inscritos no REHUF. No ano passado, foram mais R$ 344 milhões a esses estabelecimentos, além de outros R$ 1,4 bilhão de incentivos a essas unidades. Além de ser aplicado em pesquisas e na melhoria da qualidade da gestão e do atendimento, o REHUF também pode ser utilizado para reformas e aquisição de materiais médico-hospitalares, entre outras ações, conforme a necessidade e o planejamento da instituição. Os repasses liberados este ano já superam R$ 305 milhões.

Descoberto planeta parecido com a Terra próximo do Sistema Solar

​#ConteudoEinformacao

Pesquisadores do Observatório Europeu do Sul (ESO) encontraram evidências de um planeta orbitando à estrela mais próxima da Terra, a Proxima Centauri. De acordo com os cientistas, o planeta, denominado Próxima B, orbita a sua estrela a cada 11 dias e possui uma temperatura que permite a existência de água líquida em sua superfície.
O Próxima B é rochoso e um pouco mais massivo que a Terra e pode também ser o mais próximo a abrigar vida fora do Sistema Solar. Um artigo científico descrevendo a descoberta será publicado nesta quinta-feira.

A estrela Proxima Centauri fica situada a pouco mais de 4 anos-luz de do Sistema Solar. Ela estrela foi observada regularmente na primeira metade de 2016 por um telescópio do ESO instalado em La Silla, no Chile, e simultaneamente monitorada por outros telescópios em todo o mundo a partir de indícios da existência de um outro planeta ainda em 2013.
Neste novo trabalho, os dados do chamado Pálido Ponto Vermelho mostram que a variação nas velocidades da Proxima Centauri se dão pela existência de um planeta com uma massa de pelo menos 1,3 vezes a massa da Terra, que orbita a cerca de 7 milhões de quilômetros da Proxima Centauri.
“Verifiquei a consistência do sinal todos os dias durante as 60 noites da campanha Pálido Ponto Vermelho. Os primeiros 10 eram muito promissores, os primeiros 20 eram consistentes com as expectativas. A partir de 30 dias, o resultado era praticamente definitivo, por isso começamos a escrever um artigo”, afirmou Guillem Anglada, líder da equipe de astrônomos que realizou o trabalho.

IMAGEM DO DIA! Ônibus bi-articulado zero km e com ar-condicionado em SLZ

CquKm0iW8AEy9ZC

#ConteudoEinformacao

O veiculo é da empresa Viper, de acordo com informações preliminares, serão cinco articulados da empresa.

CquKm2eWYAAvZUY.jpg

Veículo devidamente equipados com elevadores para acessibilidade, ar-condicionado e poltronas confortáveis.

wp-1471996535055.jpg
ESCOLA MAGNIFICA/ CURSOS TÉCNICOS NA COHAB/

MATRICULAS: (98) 3258-9067/ 3244-1807/ 99621-3898.

 

MATANÇA EM SÃO LUÍS É DESTAQUE NACIONAL! São Luís passou a ser a capital mais violenta do país

maxresdefault

#ConteudoEinformacao

A edição desta quarta-feira (24), do Profissão Repórter, destacou dados de uma pesquisa que contabilizou número recorde de homicídios no Brasil. Os números foram revelados pelo Mapa da Violência de 2016 e mostrou a evolução da violência em estados e municípios brasileiros.

images

A capital maranhense, São Luís, foi destaque no programa. São Luís passou a ser a capital mais violenta do país, a taxa de homicídio é de 90 para cada 100 mil pessoas. A média nacional é de 29 mortes a cada grupo de 100 mil.

Lawrence Melo, delegado geral da Polícia Civil do Maranhão, admite que houve uma alta no número de homicídios até 2014, como mostra o Mapa da Violência, mas disse que agora o número de assassinatos está diminuindo porque houve investimento na Segurança Pública, como a equipe da Delegacia Móvel.

Renato Sérgio de Lima, historiador que preside a Sociedade Maranhense dos Direitos Humanos, aponta que a chegada de facções criminosas vindas do sudeste do país é a principal causa do aumento da violência em São Luís.

“No período do começo dos anos 2000 até 2014 experimentou-se uma onda de violência relacionada à expansão do crime organizado com uma nova configuração das facções criminosas que se organizaram, em primeiro lugar, dentro do sistema prisional, e também fez conexão com facções nacionais colocando a cidade em uma situação de disputa de territórios”, afirma.